Pages Menu
Categories Menu

Atenção: todos os textos deste blog são de autoria de Cintia Amorim, estando devidamente registrados. É proibida a reprodução para fins comerciais sem a autorização escrita da autora. As violações serão tratadas por vias judiciais.

A PAIXÃO DA MULA – poesia sobre folclore

A PAIXÃO DA MULA – poesia sobre folclore

0 Flares 0 Flares ×

 

 

A mulher apaixonada

carrega uma maldição,

não tem culpa, a coitada,

<

dos caprichos do coração.

 

A mulher gostou do padre,

que tremenda perdição!

Não tem culpa, a coitada,

dessa triste tentação.

 

E agora, por castigo,

pela noite sai a vagar,

transformada em mula braba

com o pescoço a incendiar.

 

Gostou desta poesia infantil sobre a mula sem cabeça? Se desejar, compartilhe e permita que mais pessoas a conheçam. Esta é uma ótima maneira de difundir a poesia na web. Um gênero literário que eu realmente admiro muitíssimo.

 

um grande abraço,

Cintia Amorim.

4 Comments

    • Que bom que gostou Isabel, tem muito mais por vir…

    • Legal João Pedro, volte sempre… em breve haverá mais novidades. Um grande abraço.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×