Pages Menu
Categories Menu
Atenção: todos os textos deste blog são de autoria de Cintia Amorim, estando devidamente registrados. É proibida a reprodução para fins comerciais sem a autorização escrita da autora. As violações serão tratadas por vias judiciais. Conheça também O LIMÃO QUE NÃO VIROU SUCO. Livro oficial aqui do blog.
Bruxa Infeliz e a Fada Alegria – enfim o grande julgamento

Bruxa Infeliz e a Fada Alegria – enfim o grande julgamento

0 Flares 0 Flares ×

Esta é a terceira parte de Bruxa Infeliz e a Fada Alegria, uma historia infantil que tem bruxas, fadas, polícia, rei e uma linda mensagem. Para ler desde o princípio, por favor, clique aqui.

 

historia sobre fadas

O grande julgamento

E o dia finalmente chegou. Seria realizado um grande julgamento público no castelo. O rigoroso rei queria dar uma grande lição nos malfeitores. Começou a sessão. E um a um, os acusados foram trazidos à sua real presença.

<

Assim que viu Alegria, com um sorriso tímido nos lábios, o rei estranhou.

Era um homem vivido e experiente. Sabia perceber de longe um mau caráter. E logo percebera que naquela alma havia muita doçura. Porém, teve de prosseguir com o julgamento.

Leu as graves acusações contra Alegria, pediu provas e testemunhas de sua inocência. Assustou-se.

Uma fila de pessoas formou-se em frente ao rei. E todos só tinham coisas maravilhosas para falar sobre a fada. Inclusive a senhora a quem ela prestara socorro bem no dia do assalto ao castelo.

Sim, majestade, eu e minhas colegas somos testemunhas que naquela mesma tarde Alegria estava conosco no asilo, conversando e ajudando-nos com nossos bordados.

O rei ficou surpreso. Reuniu seus conselheiros. Releu todas as acusações contra Alegria. Depois, comparou-as com os inúmeros testemunhos que ouvira. Pensou por um momento e sentenciou:

historias infantis com bruxasSra. Fada Alegria, eu, como rei e autoridade máxima desta gloriosa nação, peço-lhe desculpas públicas por todos os constrangimentos pelos quais passou. A senhora não somente é uma criatura inocente, como uma dama exemplar. E não apenas me desculpo publicamente, como ofereço, se for do seu agrado, o cargo de babá real. Seria ótimo que os filhos do rei fossem educados por alguém tão especial.

Alegria ficou tão emocionada e feliz que o arco-íris que trazia sobre sua cabeça voltou a brilhar como antes. Os muitos amigos da fada também comemoraram a justa decisão real, e fizeram uma grande festa para celebrar os acontecimentos.

Bruxa Infeliz ficou muito triste com aquela situação. E mais triste ainda de ver a grande festa que os amigos deram para a fada.

Eu sou muito honesta e esforçada, nunca me meti em confusão. Por que meus amigos nunca me deram uma festa tão bonita quanto a de Alegria? – resmungava.

Infeliz ficou tão triste que adoeceu. Só de pensar na alegria da fada, gemia de tristeza. Fada Alegria, que não perdia a oportunidade de ser agradável, foi cuidar da bruxa.

Passava com ela alguns momentos, onde tentava reanimá-la e fazê-la levantar da cama. Tentava abanar aquelas nuvens negras de sobre a cabeça de Infeliz, mas qual! Quanto mais Alegria tentava ajudar, mais a bruxa tratava de piorar.

historinha de halloween

A “melhora”

Demorou muito tempo, mas finalmente bruxa Infeliz se recuperou de todo aquele rancor. E voltou à sua rotina de espalhar nuvens negras na cabeça de todo mundo.

Alegria finalmente pode voltar também às suas atividades. E, durante o tempo em que teve de cuidar da bruxa, acabou ficando craque em fazer borboletas coloridas de papel.

Agora ela podia dependurar seus enfeites por toda cidade, deixando-a ainda mais bela, cordial e feliz. E claro, todo mundo agradecia a bela fada pelo gracioso enfeite.

Inclusive o rei pediu a ela que fizesse uma borboleta e-nor-me, para enfeitar o jardim real.

Infeliz, é claro, disse que era horrível, de um mau gosto incrível. –Agora temos de esbarrar com esses monstrinhos por todo lugar. – resmungou.

Mas Alegria nem ligou. Apenas refletiu que a felicidade é, na verdade, um curioso presente: quanto mais a distribuímos, mais ela volta pra gente.

Fim

******************

E aí, gostou desta história infantil que tem bruxas, fadas, e muita coisa boa para passar adiante? Então, por favor, compartilhe.

um grande abraço,

Cintia Amorim.

imagem: freepik.com

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×