Pages Menu
Categories Menu

Atenção: todos os textos deste blog são de autoria de Cintia Amorim, estando devidamente registrados. É proibida a reprodução para fins comerciais sem a autorização escrita da autora. As violações serão tratadas por vias judiciais.

UM MISTÉRIO NA PÁSCOA (uma historia infantil sobre a Pascoa)

UM MISTÉRIO NA PÁSCOA (uma historia infantil sobre a Pascoa)

0 Flares 0 Flares ×

Leia esta divertida história infantil sobre a Pascoa. Na verdade, uma maneira de criar várias histórias de Páscoa, para ampliar cada vez mais o repertório para nossa crianças. Espero que goste:

*********************

Uma sombra misteriosa aproxima-se do prédio onde Breno e Talita moravam. As duas crianças, assustadas, ficaram prestando atenção.

<

Logo depois, aparece uma criatura vestida com um enorme casaco. Além das botas e do casaco, vestia um enorme chapéu que a tudo tampava.

O estranho pára um pouco. Parece, por trás dos grandes óculos escuros, encarar as crianças. Breno e Talita ficaram com medo. Foi quando um vizinho abriu a portaria. Ao ouvir o barulho, o estranho correu, mas deixou escapar de suas mãos um papel.

Os meninos ficaram curiosos. O que seria aquilo?

Vamos dar uma olhada, Breno? – encorajou Talita.

Ah, não! E se o estranho estiver por perto? E se for apenas um truque para nos pegar? Acho melhor ficarmos aqui dentro mesmo – retrucou o menino.

Mas qual! A curiosidade era maior do que tudo. As crianças bem que tentaram se esquecer do caso, mas aquele papel parecia chamar por eles.

Venham me pegar! Venham me pegar!

Talita, que era a mais corajosa, teve uma ideia. Iriam pegar o misterioso papel, mas não iriam sair do prédio para isso.

Então, as crianças pegaram um velho cabo de vassoura, pregaram um chicletes mastigado na ponta e, espertamente, cutucaram o papel através das grades. Em pouco tempo estavam com ele em mãos.

Ao abrirem-no perceberam que se tratava de um mapa. Uma espécie de guia para se chegar a um tesouro. As crianças subiram para o apartamento. Passaram a noite inteira a examinar o documento.

De manhã, pediram Cláudia, uma vizinha mais velha, que as acompanhassem até a um parque próximo que havia no bairro. Os três seguiram para o destino, sem saber que iriam viver uma grande aventura.

De acordo com o mapa nossa busca começa aqui! – festejou Talita, apontando para o bambuzal.

Dois passos pra lá, três passos para cá. E chegaram à gangorra. Breno subiu no balanço, Cláudia o empurrou com força.

Mais força! Mais força!

E avistou uma seta no alto de uma árvore. Apontava para o tanque de areia. Era preciso cavar. Mas onde encontrar a pá? Foi Talita que teve a ideia de pegar emprestado um cachorro que brincava com seu dono. Cava, cava, cava…

Um baú! Será que o tesouro está aqui dentro?

Que nada, tinha apenas um enigma. Uma charada misteriosa. As crianças quebraram a cabeça para desvendá-la. Era preciso fazer muitos cálculos matemáticos.

Terminada a tarefa, descobriram que teriam de entrar na sala da administração do parque. E como enganar o guarda?

Cláudia e Breno fingiram que haviam se machucado. Breno distraiu os funcionários, enquanto Talita foi direto revirar um velho armário.

Ahhá! Ali estava mais uma pista. E quem iria subir no enorme pé de abacate?

Breno se dispôs a realizar a tarefa. Foi quando percebeu, lá de cima, que o encapuzado estava escondido, acompanhando todos os seus passos. Achou no ninho do pardal um bilhete.

“Agora vocês estão quentes! Mas é preciso se refrescar!”

Então devemos ir à fonte! – empolgou-se Cláudia.

Quando os três chegaram, uma surpresa. Bem no fundo dela, uma pequena vasilha de plástico. Abriram-na.

“Um último desafio: vocês devem ir onde nascem os mais belos perfumes do parque”.

É no jardim! – foi a vez de Breno exclamar.

Depois de vasculharem bem o local. Descobriram um enorme cesto, escondidinho atrás de uma pedra. Foram correndo abrir a novidade.

Mas que delícia! Havia dentro dele um enorme ovo de páscoa. Era tão grande e pesado que as crianças acharam que se travava de uma brincadeira de mau gosto. Mas de mau gosto não tinha nada. Era do mais puro e cheiroso chocolate.

O estranho encapuzado aproximou-se. Agora deixava aparecer por cima do chapéu duas grandes orelhas.

Feliz páscoa, garotada! Espero que se deliciem com esse grande ovo. Eu só queria entregá-lo a vocês de uma maneira diferente, mais divertida!

Breno e Talita riram muito. E até deram um grande abraço no coelho. Mas o orelhudo foi embora rapidamente. Ainda tinha de acompanhar outras aventuras.

Os meninos adoraram a ideia, e gostaram ainda mais do presente, que era tão grande, que eles custaram a comer:

Ah! Se todo coelho da páscoa fosse assim tão criativo!

FIM

Nota da autora: como surgiu esta história infantil sobre a Pascoa?

Escrevi esta historinha de Páscoa um dia em que estava me lembrando das aventuras de minha infância.

Minha mãe  proibia a mim e a meus irmãos de comer doces e balas, então, nós comprávamos escondido e enterrávamos em vasilhas, nos arredores do prédio. Morávamos em um conjunto habitacional com muita área verde.

Depois fazíamos um mapa para encontrarmos as guloseimas mais tarde.

É claro que ainda deve ter muita bala esperando ser achada. kkk… Isso se já não virou petróleo. Mas era realmente muito divertido desenhar os mapas e depois procurar as deliciosas recompensas.

(Puxa!!! Será que foi por isso que me formei em Geografia?) rssss

E você? Já fez travessuras parecidas quando pequeno? Seria ótimo ler boas histórias de uma infância que vai se tornando cada vez mais diferente: muita tecnologia e pouca liberdade. Compartilhe conosco nos cometários abaixo.

Ah! E se gostou desta historinha, por favor, permita que mais pessoas tenham acesso a ela. Basta compartilhar este post, clicando nos ícones das redes sociais abaixo.

E se você tem alguma sugestão de história, poesia… algum tema que procurou e não achou, por favor, deixe também nos comentários. Vou me esforçar para produzir o melhor conteúdo para você.

A ideia é que este seja um blog realmente cheio de muitas opções para pais, educadores e, principalmente, para nossas crianças.

um grande abraço,

Cintia Amorim.

****************

Pesquisas relacionadas:

historia de coelho da pascoa infantil

historias sobre a pascoa infantil

historia infantil coelho da pascoa

história infantil sobre a pascoa

historia de coelho da pascoa infantil

historia sobre a pascoa educação infantil

uma historia de pascoa

história da pascoa infantil

história de pascoa infantil

 

imagem: freepik.com

Artigo
Em
Classificação
51star1star1star1star1star

Você vai gostar também:

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×