Pages Menu
Categories Menu

Atenção: todos os textos deste blog são de autoria de Cintia Amorim, estando devidamente registrados. É proibida a reprodução para fins comerciais sem a autorização escrita da autora. As violações serão tratadas por vias judiciais.

O menino que gostava dele mesmo (histórias infantis curtas)

O menino que gostava dele mesmo (histórias infantis curtas)

0 Flares 0 Flares ×

Pouco se fala nas escolas sobre inteligência emocional. Pouco se fala sobre auto estima e sua definitiva importância para o bem-estar do indivíduo, e consequentemente, da sociedade.

Nem todos os pais ensinam os filhos a se amarem, a valorizar quem são e respeitar a si mesmos. Por isso, a ideia aqui é disponibilizar historias infantis curtas, que abram a possibilidade de discussão de assunto tão relevante.

Boa leitura!

<

 

***************************

Ele gostava de sorrir

E sorrisos distribuía

Ele gostava de cantar

E cantava todo dia

 

Ele gostava de pintar

Quadros tinha de montão

E adorava dançar

Tango, rock ou baião

 

Ele gostava de esporte

Era bom no futebol

Ele curtia pescar

Tinha vara, linha, anzol

 

Adorava conversar

Amizades tinha no coração

Também gostava de passear

De trem, carro ou avião

 

Ele gostava de dormir

A tarde tirava uma soneca

Ele adorava brincar

De videogame ou peteca

 

Ele gostava dele

Por isso insistia em fazer

Tudo que lhe fazia bem

O que lhe dava prazer

 

Ele gostava dele

Quando no espelho se olhava

Sempre com boas palavras

Dizia que se amava

 

Ele gostava dele

Fazia questão de se agradar

Com coisas simples do dia

Não cansava de se amar

 

um grande abraço,

Cintia Amorim.

********************

Nuno Cobra afirma que, desde pequenos, somos acostumados a ouvir muitos NÃOS. O que não é algo ruim em si, pois o objetivo dos pais, na maioria das vezes, é proteger os filhos dos perigos do dia a dia.

Porém, acabamos nos esquecendo de contrabalancear isso, de também aprender a dizer SIM ao que nos faz bem, ao que é a expressão máxima de nossa individualidade.

Muitas vezes somos criados para agradar a outros. Para seguir regras e padrões sociais, o que, novamente, não é um erro em si mesmo. Porém, é desejável que aprendamos a dar vazão ao nosso interior.

Jesus Cristo ensinou que o Reino de Deus se encontra dentro de nós mesmos. Então, quando crescemos de dentro para fora, e deixamos nossa luz brilhar, estamos, de alguma maneira, expandindo o Reino de Deus na terra.

O que lhe faz bem, e que não prejudica ninguém?

Deixe-se expandir. Agrade-se, ame-se, mime-se de vez em quando. A vida é curta para viver apenas em função de deveres e compromissos.

Esta é uma singela contribuição com o intento de que nossas crianças possam crescer aprendendo sobre a importância da auto estima. E como pessoas felizes contribuem para o bem estar coletivo.

Se gostou do texto, compartilhe clicando nos ícones das redes sociais logo abaixo.

Deixe também seu comentário, crítica, sugestão. Será um prazer papear com você.

 

um grande abraço,

Cintia Amorim.

Pesquisas relacionadas:

historias infantis curtas pequenas

historinhas curtas para educação infantil

historia infantil para imprimir

historia curta infantil

 

imagem: freepik.com

Artigo
Em
Classificação
51star1star1star1star1star

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×