Pages Menu
Categories Menu

Atenção: todos os textos deste blog são de autoria de Cintia Amorim, estando devidamente registrados. É proibida a reprodução para fins comerciais sem a autorização escrita da autora. As violações serão tratadas por vias judiciais.

Divertidas historinhas curtas para educação infantil (folclore)

Divertidas historinhas curtas para educação infantil (folclore)

0 Flares 0 Flares ×

Neste post selecionei quatro divertidas historinhas curtas para educação infantil, explorando a temática do folclore brasileiro. As crianças irão amar cada uma delas. Confira agora:

RASTEIRA

Esta história é muito boa

Você vai morrer de rir

<

Quis o Curupira dar

Uma rasteira no Saci

 

Se escondeu atrás da moita

Esperou Saci passar

Quando ele chegou perto

Estendeu a perna no ar

 

O Saci que não é bobo

Esperto que ele só

Viu logo o pezinho torto

E se agarrou num cipó

 

E voando dependurado

No Curupira deu um esbarrão

 

 

O menino do pé torto

Se esborrachou no chão

 

Essa história só podia

Terminar em confusão

 

Curupira  ficou com raiva

Mas reclamar não podia, não

 

E o alegre Pererê

Começou a gargalhar

Pra me dar uma rasteira

Tem de saber driblar

 

*****************************

 

A VELHA PISADEIRA

 

Meninada fica esperta

Que já está anoitecendo

Vê se não come besteira

Olha a velha Pisadeira

 

À noite ela visita

Quem dorme de pança cheia

Ela pisa na barriga

É a velha Pisadeira

 

Pois Pedrinho duvidou

Da história da que a avó contava

Pisadeira uma ova

Vou entrar na feijoada

 

E comeu, encheu a pança,

Até não mais aguentar

Sua avó lhe alertou

Menino… não exagera no jantar!

 

Pedrinho pegou no sono

Sabe o que aconteceu?

A Pisadeira entrou no quarto

E caminhou em pleno breu

 

Subiu na cama do menino

E sem dó nem piedade

Deu um pulo em sua pança

Veja bem! Isso é verdade

 

Pedrinho acordou gritando

Sua avó apareceu

O menino contou tudo

E sua avó repreendeu:

 

Pois já cansei de avisar

Que a velha Pisadeira

Á noite visita os gulosos

Que dormem de barriga cheia

 

Agora você já sabe

O que sempre acontece

Com os meninos gulosos

Que às vovós desobedecem

 

Não coma com exagero

Antes de adormecer

Ou a velha Pisadeira

Deita e rola com você

 

***************************

 

HONORATO E CANINANA

 

Honorato, a boa cobra,

sempre alegre e gentil,

é irmão de Caninana,

tão grosseira e hostil.

 

Honorato, a boa cobra,

já não sabia como agir

com Caninana sua irmã,

sempre pronta a agredir.

 

Honorato sempre dizia

Pra irmã se consertar

Pois com tanta maldade

Ainda iria se lascar

 

Caninana respondia

Sempre com muita grosseira

Que o irmão era um bobão

E  não iria parar não

 

Honorato, a boa cobra,

farto de tanta maldade,

deu um fim à Caninana

e à sua crueldade.

 

*******************************

 

O BOTO

 

O Boto espertinho

gostava de namorar,

saía à noite do rio

para em rapaz transformar.

 

Moço lindo e elegante,

bem vestido e educado,

passeava pelos bailes

e era bom de gingado.

 

As moças apaixonadas

pelo rapaz namorador

com ele iam ao rio

e se entregavam com amor.

 

Depois de muito namorar,

Boto às águas retornava,

e deixava uma semente

que à moça engravidava.

 

*********************************

E aí, gostou destas historinhas curtas para educação infantil ?  Você acredita que as crianças irão se divertir com elas? Então por favor, compartilhe este artigo, e ajude a espalhar alegria e educação pela internet.

Deixe também seus comentários, críticas, sugestões. Tem algum tema que você gostaria que fosse produzido aqui no blog? Tenha certeza de que me esforçarei para disponibilizar o melhor material sobre o assunto. Basta deixar seu comentário abaixo.

um grande abraço,

Cintia Amorim.

 

imagem: freepik

Artigo
Em
Classificação
51star1star1star1star1star

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×