Pages Menu
Categories Menu

Atenção: todos os textos deste blog são de autoria de Cintia Amorim, estando devidamente registrados. É proibida a reprodução para fins comerciais sem a autorização escrita da autora. As violações serão tratadas por vias judiciais.

Espelhos, sementes e bumerangues (poesia infantil pequena)

Espelhos, sementes e bumerangues (poesia infantil pequena)

0 Flares 0 Flares ×

 

 

A vida é como um espelho

Se você sorrir para ela

Ela sorri para você

<

Se brigar com ela

Depois vai se arrepender

 

A vida é como um bumerangue

O que lançar para ela

Um dia retornará

Seja amor, seja raiva

Mais disso você terá

 

A vida é como a semente

O que você plantar

Virá multiplicado

Seja bom, seja ruim

Será esse seu legado

 

Cuide dos seus pensamentos

Eles descem pro coração

Tudo aquilo em que pensa

Se transforma em emoção

 

Pense sempre positivo

Fale sempre o que é bom

Faça o que for preciso

E a vida lhe será um dom

 

Reclame menos, agradeça mais

Brigue menos, procure a paz

As más notícias devemos evitar

É no belo que é bom pensar

 

A vida é como o bumerangue

Ela sempre devolverá

O que você lançar para ela

Um dia lhe retornará

 

um grande abraço,

Cintia Amorim.

 

****************************

Uma poesia infantil pequena, mas rica

Se existe algo que deveríamos aprender desde a tenra idade, é que nós mesmos somos responsáveis pela nossa vida, conquistas, fracassos, resultados. Esta é a ideia da proatividade, um conceito extremamente libertador.

Esta é também uma ideia basilar da lei da atração, que diz que a vida nos devolve o que damos a ela.

Neste sentido, deveríamos ser treinados, desde cedo, para sermos pessoas gratas, estratégicas e auto-responsáveis. Para sermos os protagonistas de nossa própria história, ao invés de vítimas reclamadoras.

Acho esta mensagem tão importante e libertadora, que tento traduzi-la de uma forma mais compreensível às crianças. Porque creio que muitos problemas e falsos paradigmas poderiam ser evitados se fossemos treinados desde cedo de uma maneria mais proativa, auto-responsável.

Se você concorda com essa visão, ou simplesmente se gostou do texto, compartilhe este poema. Basta clicar nos ícones das redes sociais abaixo. Vamos espalhar boas sementes pela internet.

Deixe também seus comentários, sugestões, críticas. Tem algum assunto que você gostaria de ver abordado aqui no blog? Quem sabe poderemos criar algo especial?

Conto com você. Sua participação é importante para mim e para este projeto.

Um grande abraço,

Cintia Amorim.

 

 

imagem: freepik.com

Artigo
Em
Classificação
51star1star1star1star1star

2 Comments

  1. Oi, Cíntia!

    Procuro, há horas, poemas para compor com fotografias de um álbum que estou montando para minha sobrinha.
    Esse poema encerrou minha busca. Na medida certa para encantar,tocar o coração e alinhavar as histórias e pessoas da família que aparecem nesse álbum.
    Belo poema!

    • Que legal Maria do Carmo, é sempre bom ter esses depoimentos. Volte sempre!

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×